O Mundo
dos negócios

Lançada a 6ª edição da revista “O Mundo dos Negócios”

revista-o-mundo-dos-negocios-sexta-edicao-unq-importacao-exportacao-unesc-criciuma
É com muito orgulho que nesta última terça-feira (20/03) lançamos a 6ª edição da revista “O Mundo dos Negócios”!
 
Um dos destaques é participação da Unesc, parceria esta que visa fomentar a cultura internacional na região.
 
A revista é gratuita e você pode obtê-la de duas maneiras:
🔸Solicite a versão impressa através do email imprensa@unq.com.br
 
Além disso, no portal “O Mundo dos Negócios”, você também encontra artigos escritos por especialistas de diferentes áreas, complementando as matérias da revista.

AS VARIAÇÕES NO PREÇO DO FRETE INTERNACIONAL MARÍTIMO

Oscilações na relação entre a oferta de navios e a demanda pelo transporte internacional determinam o custo final.

O custo do transporte internacional é um dos itens mais óbvios que o importador deve ter em conta ao planejar a operação de comércio exterior. Embora o comprador não tenha o poder de interferir no preço, ele pode entender as variáveis envolvidas para tirar proveito das oscilações e reduzir os custos operacionais.

Mercado que mais oscila em custo de transporte é o asiático, especialmente o chinês.

De acordo com Carlos Castro, especialista em transporte internacional da Ethima Logistics, o preço é afetado diretamente pela oferta de transporte e pela demanda do serviço, como determina a regra básica da economia. Continue lendo

BENEFÍCIO EM TRANSPORTES PARA IMPORTAR OU EXPORTAR POR SC

Outro fator que pode ajudar na hora de importar é contar com parceiros que trabalham em mais de um regime. Assim, é possível optar por aquele mais vantajoso, a depender das características da empresa importadora.

O Grupo Agillog Transportes, por exemplo, é constituído por empresas que optam tanto pelo regime Simples quanto pelo de lucro presumido, tendo característica de estar em constante contato de orientação com clientes. “ É preciso verificar em escolher aquela que trará maiores benefícios, afinal num mundo competitivo reduzir custos é uma preocupação de todos”, afirma o gerente comercial da Agillog, Leonardo Alves Emílio. Continue lendo

A ESCOLHA DO REGIME TRIBUTÁRIO NA HORA DE IMPORTAR

Simples Nacional, lucro presumido ou lucro real? Fazer a opção certa torna a sua empresa mais competitiva.

Ser optante do Simples Nacional pode facilitar o recolhimento dos tributos na maioria dos casos, mas, na hora de importar, essa vantagem desaparece e as empresas enquadradas nesse regime tributário estão sujeitas ao pagamento de todos os tributos incidentes nas operações de nacionalização do produto importado. Como o Simples não permite fazer uso de créditos de impostos e contribuições, é provável que seja mais vantajoso optar pelos regimes de lucro presumido ou lucro real, até mesmo para micro e pequenas empresas, caso as importações representem um fator relevante para a operação da empresa.

Ideal é procurar um profissional de confiança para, ao fim de cada ano, fazer um planejamento tributário.

Como as variáveis envolvidas nessa escolha são muitas, o ideal é procurar um profissional de confiança para, ao fim de cada ano, desenvolver um planejamento tributário, avaliar se é hora de manter a opção pelo Simples ou migrar para o lucro real ou lucro presumido. Continue lendo

ESTRUTURA PORTUÁRIA – TECNOLOGIA A SERVIÇO DA EFICIÊNCIA

Os equipamentos dos portos e como o maquinário determina a produtividade dos terminais.

Além de evoluírem em tamanho, os portos também se desenvolvem tecnologicamente a uma velocidade cada vez mais rápida. Para atender às demandas do transporte marítimo internacional, os investimentos em equipamentos são constantes. Afinal, são eles quem determinam o tempo necessário de operação para cada navio, a organização das cargas com o máximo de eficiência possível e evitam danos às mercadorias.

Portêiner: Equipamento utilizado na movimentação de contêineres do navio para o costado e vice-versa.

“A quantidade de equipamentos bem como sua performance individual influencia diretamente na produtividade do terminal”, resume o diretor operacional do Porto Itapoá, Sergni Junior. Continue lendo